top of page

Quais cervejas combinam com as principais comidas típicas mineiras?

Atualizado: 27 de dez. de 2022



Para você saber quais cervejas combinam com as principais comidas típicas mineiras, é preciso entender um pouco sobre o estado. Quem já visitou Minas Gerais sabe que “fartura” é a palavra que define o jeito mineiro de receber e servir. Cultura, história, hospitalidade e, claro, comida e cerveja boa!


Primeiramente, é importante destacar que essa história começou há mais de trezentos anos com os portugueses, africanos e indígenas nativos da região de Minas que, juntos, misturaram costumes e ajudaram a enriquecer a formação da cozinha tradicional mineira.


Segundo a história, o povo mineiro consolidou a cozinha da roça usando ingredientes baratos e fáceis de serem encontrados na região, improvisando e criando vários pratos e comidas típicas locais que encantam qualquer pessoa.



Dessa forma, a base da cozinha mineira são ingredientes simples como milho, mandioca, feijão, couve, taioba, Oropronobes, frango e porco que, misturados com muito tempero, alho, cebola e esmero, formam uma culinária rica e diversa.


Vamos citar alguns pratos principais e alguns estilos de cervejas que se casam muito bem:


  • Feijão Tropeiro : um clássico mineiro, que quase não sofreu alterações na receita ao longo dos anos. Ele leva feijão cozido, carnes (geralmente salgadas ou defumadas), ovos, couve picada e farinha de mandioca ou milho. Um prato nutritivo, super saboroso.

Dica de harmonização - Cerveja Backer Pilsen, uma cerveja leve, puro malte, que acompanha delicadamente esse clássico.

  • Frango com quiabo: mais mineiro impossível! Um ensopado de galinha caipira com quiabo, com muito alho e cebola e os mais variados condimentos.

Dica de Harmonização: Backer Pele Ale, uma cerveja de alta fermentação que ajuda a ressaltar ainda mais o sabor e os condimentos utilizados na elaboração da receita.

  • Frango ao molho pardo : receita muito antiga e tradicional no estado, é feito também com carne de frango caipira, mas cozida em seu próprio sangue. Tradicional comida caipira, seu sabor é espetacular!

Dicas de harmonização - Capitão Senra Pilsen, uma cerveja leve que irá, de forma simples, complementar os sabores e aromas desse prato.

  • Tutu à mineira : receita da época colonial e com toques africanos, é sucesso em todas as mesas. Consiste basicamente em farinha de mandioca, feijão preto cozido e amassado, com pouco caldo. Tudo isso refogado com muita cebola, alho e servido com o clássico torresmo mineiro.

Dicas de harmonização: cerveja Capitão Senra Session, seu suave amargor e sabor cítrico do lúpulo vão equilibrar a gordura e aromas desse prato.

  • Vaca Atolada : de influência africana, cortes de carne bovina mais simples são cozidas por horas, até ficarem bem macias e formar um caldo; mandioca e mais alguns temperos são acrescentados.

Dica de harmonização: Capitão Amber, uma cerveja leve que mistura maltes Pilsen e torrados, fazendo com a cerveja tenha características levemente defumada. Harmonização perfeita.

  • Arroz com Pequi: uma combinação perfeita e exótica. O arroz é incrementado com pequi, uma fruta encontrada no cerrado mineiro. A fruta traz aroma e cor marcante ao prato.

Dicas de harmonização : Pilsen Eldorado, uma cerveja Lager leve com dryhoping de lúpulo frutado.

  • Panelada de Campanha: este prato é carinhosamente chamado de “comida de vó”. Leva muito tempero e carinho no preparo. Um cozido que leva banha, carne bovina, linguiça, legumes variados e farinha de mandioca.

Dica de harmonização: nossa Blond Ale, Medieval, uma cerveja alcoólica complexa nos aromas e condimentados que contribui com a robustez e sabor desse prato.


  • Galinhada Mineira: deliciosa se feita na panela de ferro. O prato parece simples porque consiste basicamente em arroz e frango, refogados com cebola, alho, muito cheiro verde e pimenta, acrescido de algum caldo (pode ser de legumes ou galinha).

Dica de harmonização : Backer Trigo, uma cerveja leve e delicadamente cítrica, baixo teor alcoólico.

  • Arroz com Suã: o arroz com Suã nada mais é do que arroz refogado e cozido com esse corte de porco, popularmente chamado de Suã. Ele consiste na coluna vertebral do animal, com um pouco de carne e alguns ossinhos das costelas.

Dica de harmonização: nossa Double IPA Tommy gun, uma cerveja IPA poderosa que ajuda a limpar a boca em cada gole, combinando aroma e sabor frutado com esse clássico prato mineiro.

  • Leitão a pururuca: pururuca é a pele do porco frita. O porco é assado com pele. Depois de pronto, passa-se gelo na superfície da pele e logo depois joga-se óleo bem quente por toda a superfície da carne. Extremamente delicioso!

Dica de harmonização: 3 Lobos American Pele Vermelha, uma cerveja que leva frutas cítricas em sua receita e lúpulos americanos. De médio amargor, vai contribuir para limpar o paladar e sugerir uma nova garfada.





136 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page